terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

VOCÊ: ATLETA OU AMADOR? (1 Coríntios 9:24-27)


Nos últimos dias tenho acompanhado os Jogos Olímpicos de Inverno Vancouver 2010, no Sábado(20) enquanto acontecia a competição feminina de ESQUI ALPINO, uma coisa me chamou atenção. Quando a americana Lindsey Vonn desceu a montanha no tempo de 1:20.88, a comentarias esportiva disse que a atleta confirmou seu favoritismo, logo após outra atleta, agora da Eslováquia Tina Maze bate o tempo da americana e completa o percurso no tempo de 1:20.63, mais uma vez a comentarista entra em ação e agora afirma que não seria possível bater a nova marca, pois já estava muito baixo o tempo, foi quando Andrea Fischbacher, atleta da Áustria, completa a prova no tempo de 1:20.14, alcançando assim a medalha de ouro na modalidade. Ela contrariou a opinião da comentarista e mostrou que não foi para brincar, mais para competir e ganhar.[i]

Nesse contexto que o Apóstolo Paulo escrevendo a igreja em Corinto, na sua primeira carta no capitulo 9 verso 24 disse:
Vocês não sabem que de todos os que correm no estádio, apenas um ganha o prêmio? Corram de tal modo que alcancem o prêmio”.[ii]

Como você tem enfrentado os seus desafios? De que maneira tem competido? Paulo orienta a competir de tal modo que alcance o prêmio. É desta forma que você tem feito?

Refletindo nos versos 24 à 27, separei alguns tópicos para nossa reflexão:

I - UM AMADOR NÃO SERÁ O VENCEDOR. v.24

Todos nós sabemos que “apenas um ganha o prêmio”, será sempre o atleta mais bem preparado para a competição. O amador, nunca será o campeão, enquanto não virar um atleta, enquanto não competir “de tal modo que alcancem o prêmio”. O amador não é um especialista, e a cada dia se faz mais necessário se um especialista, o mundo não é do “Severino quebra-galho”, mais do que está mais bem qualificado para a função.
Em se tratando de Reino, também não há lugar para amador, pois o Reino requer excelência e isso custa caro. Precisamos cada vez mais de músicos bem preparados, educadores qualificados para lecionar nas classes de estudo bíblico, de discipuladores que sejam dignos de serem copiados, de pastores que se atualizem constantemente, enfim, de servo que deseje ser atleta do Reino.

Faça como Paulo, corra para vencer: “Combati o bom combate, terminei a corrida, guardei a fé” – (2Tm. 4:7)


II - O VENCEDOR É O ATLETA QUE SE SUBMETE A DISCIPLINA E TRABALHO. v.25

O vencedor não é um preguiçoso, é um atleta que “se submetem a um treinamento rigoroso”, afim de alcançar o prêmio. Não poupa esforço e não perde tempo, ao contrário, submete-se com rigor a disciplina e ao trabalho.

 Semelhantemente, nenhum atleta é coroado como vencedor, se não competir de acordo com as regras” – (2 Tm. 2:5)

Nos tempos do apostolo os atletas treinavam nove meses antes das olimpíadas, agora os atletas treinam todos os dias durante anos. O que requer muita disciplina, horário para dormir, comida balanceada, vida social reduzida, nada de álcool e drogas. Como se diz no futebol: “A regra é clara”. Quer vencer? Esteja disposto a pagar o preço. Prepare-se!

III – O ALVO GUIA-RÁ O VENCEDOR. v.27

Conhecendo as regras, o apostolo declara: “Sendo assim, não corro como quem corre sem alvo”. Ele não queria perder tempo e nem se passar por um amador, ele estava ali para competir e mais para ganhar o prêmio, sendo assim ele não perdia de vista o alvo.

prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus” – (Fp. 3:14)

Quanto tempo será desperdiçado se não traçar seus objetivos pessoais, suas metas de curto e longo prazo. Será como correr em circulo, não chegará nunca ao prêmio. Quanto tempo um cristão perde, quando não busca seu lugar no Reino, quando não desenvolve seus dons e pior nem os descobre. È como correr sem alvo. Pois quando existem alvos bem definidos, eles os ajuda até mesmo a suportar as dificuldades encontradas ao longo do caminho, Paulo mesmo disse: “Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão produzindo para nós uma glória eterna que pesa mais do que todos eles.  Assim, fixamos os olhos, não naquilo que se vê, mas no que não se vê, pois o que se vê é transitório, mas o que não se vê é eterno.” – (2Co. 4:16-18)

Quando você estiver se sentindo cansado, não pare, apenas olhe para o seu alvo e encontrar forças para continuar.

VI – O PRIMEIRO E PIOR DESAFIO A SER VENCIDO É VOCÊ MESMO. v.27

Toda atleta tem um inimigo intimo a ser vencido, ele mesmo. Um maratonista que começa sua corrida e logo no inicio sente aquela dor abdominal tem duas alternativas, a primeira desistir da corrida e a segunda continuar, caso opte pela segunda essa dor vai passar nos primeiros 10 minutos de prova e ele poderá então correr até o final. Tudo que ele precisa então é fazer é vencer seu corpo, como Paulo afirmou: “Mas esmurro o meu corpo e faço dele meu escravo”.

Para ser vencedor, tem que vencer a preguiça, o negativismo, a baixa autoestima, a vaidade, os maus desejos, a sua natureza pecaminosa e tudo em você que se opõe a figura do atleta determinado e ávido a conquistar o prêmio. Se você fizer isso, uma coisa é certa: O prêmio está garantido.

“Combati o bom combate, terminei a corrida, guardei a fé. Agora me está reservada a coroa da justiça, que o Senhor, justo Juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amam a sua vinda.” – (2Tm. 4:7-8)


Concluindo, faça como Andrea Fischbacher, contrarie a opinião dos comentaristas de plantão, surpreenda-os batendo recordes e superando seus desafios. Seja um vencedor e não um amador!

JR Matos
Seu pastor e amigo!
Pregado na Igreja Batista em Bosque do Ipê, em 21/02/2010

  

7 comentários:

Pastor, na paz?
Interessante seu comentário, principalmente agora depois da Copa do Mundo, onde as coisas voltam ao normal.
Este sermão me chamou a atenção exatamente pelo teor da mensagem: correr e lutar para ser vencedor, não atrás de uma coroa (taça, troféu ou prêmio) corruptível, sujeita a ser roubada, perdida ou corrompida - mas daquela coroa incorruptível, de valor imensurável e eterna: a vida eterna com Cristo e Sua igreja!
Deus continue abençoando seu ministério.
Ismael G da Silva
Assembléia de Deus - Campo de São Bernardo - BH.

Paz do Senhor Pastor. amei esse artigo,muito bom.

Muito bom esse Artigo... Parabéns

Muito bom esse artigo...parabéns

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More